Páginas

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Bolo de milho com recheio de requeijão e cobertura de goiabada delicioso!


Todo meu amor por esse bolo eu deixo registrado aqui!!! 

Ele é delicioso, e gosto de comer ele quente assim que tiro do forno. Só não recomendo que façam o mesmo (apesar de ser muito bom), porque o requeijão escorre todo do bolo, e aí, bau-bau recheio! 

Já fiz esse bolo incansáveis vezes, e já até ganhei uma graninha com ele. Tenho amigo que ficou viciado. Basta chegar perto que pergunta: "Cadê meu bolo de milho?" . 

Semana passada fiz dois. Um para a turma aqui de casa e o outro para presentear um casal de amigos. 

O que eu fiz para ficar em casa outros amigos provaram e também adoraram. Como eu sou muito "boazinha", resolvi presentear todo mundo com a receita, inclusive vocês meus leitores queridos do coração. <3


A receita é simples, com grau de dificuldade zero! Basta ter um liquidificador, bater tudo,  colocar para assar e pronto! Vai ser feliz que nem louça você vai ter para lavar.


Receita:

  • 3 ovos grandes ou 4 pequnos
  • 1 lata de milho cozida (eu faço com o milho natural. primeiro tiro da espigua com uma faca  e depois cozinho no vapor. Meço a quantidade em uma xícara medidora grande, e com a mesama eu meço os outros ingredintes)
  • 1/2 (meia) lata de óleo
  • 2/3 (dois terços) da lata de açúcar (use a lata do milho para medir esse e todos os outros ingredintes) 
  • 1/2 (meia) lata de lite
  • 1 lata de milharina (eu usei flocão de milho. aquele de fazer cuscuz)
  • 5 colheres (sopa) de farinha. Fique a vontade para fazer com o Mix de farinha sem glútem, ou com a de trigo. Dá certo com os dois, mas eu usei a sem. 
  • 1 colher (sopa) de fermento para bolo
Recheio: 1 Copo de requeijão em temperatura ambiente.
 
Cobertura: Goiabada e um tico só de água - (Nem vou passar medidas, porque aqui eu exagerei. Derreti 600 g do doce em meio copo de água. Para cobrir o bolo eu não usei nem a metade. Já recheei pão de queijo com ela, o marido sempre rouba umas colheradas e eu ainda tenho dela na geladeira).

Para fazer o mix de farinha sem glutén, clique AQUI!




Preparo: 


  1. Bata no liquidificador primeiro os ovos, o leite, o óleo e o milho. Depois o restante dos ingredientes, deixando por ultimo o fermento
  2. coloque 2/3 (dois terços) da massa em uma forma de buraco no meio untada (como eu fiz sem glúten, usei desmoldante. Ele é ótimo!). Depois com uma colher vá colocando o requeijão por toda a circunferência da massa, mas sem encostar nas laterais da forma. Cubra com o restante da massa e asse em forno pré-aquecido, por aproximadamente 35 a 40 minutos.
  3. Espere esfriar para desenformar, se não o requeijão vai escorrer todo do seu bolo. Cubra com a cobertura de goiabada.
Para a cobertura, é só colocar em uma panela a goiabada cortada em cubos com um pingo de água e mexer de vez em quando até que ela esteja toda derretida. Desculpa a falta de medidas aqui, mas é que eu sou meio "orea", e tenho a mania de fazer as coisas no olhometro, e as vezes eu exagero.



terça-feira, 22 de março de 2016

Leite de coco caseiro

                                     
Eu curto pra caramba esse lance de produzir em casa aquilo que agente encontra prontinho na prateleira do supermercado. Outro dia estava eu aqui fazendo a minha própria manteiga, e pensando o quanto isso é gostoso. Claro, eu também sou filha de Deus, e de vez em quando rola uma preguicinha, gosto de uma praticidade e ai, acabo comprando pronto. Mas quem me conhece sabe o quanto é comum eu estar na cozinha preparando "receitas base", para começar a preparar um prato. 

Esse final de semana eu fiz leite d coco para preparar uma moqueca, e de quebra ainda ganhei um coco ralado que virou bolo  de chocolate.


Ingredientes:

  • 1 coco fresco inteiro 
  • A mesma medida do coco para a água quente. Ex: Se o coco que você comprou te rendeu um copo cheio de coco em pedaços, use o mesmo copo e meça um copo de água. Já vi e testei outras medidas, mas prefiro essa que deixa o leite mais encorpado. 
Preparo:

  1. Faça um furo no coco e retire a água, em seguida coloque sobre a chama do fogão para que ele solte da casca com mais facilidade. Vá virando o coco para que ele se solte por igual. Ele vai rachar assim como na foto, e é normal! Quando isso acontecer, está no ponto.
  2. Espere o coco esfriar, retire a casca e pique o coco. Use um recipiente para medir, coloque no liquidificador, e no mesmo recipiente meça a  água quente. Ex: Uma medida de coco, outra de água.
  3. Bata tudo muito bem no liquidificador e coe em uma peneira forrada com um pano de prato limpo. Pronto!! Use para receitas de sobremesas, pratos principais... ou beba!


sexta-feira, 4 de março de 2016

Bolo de fubá


Esse bolinho tem lugar cativo aqui em casa e devo confessar que é por conta da praticidade. Adoro terminar uma receita e não ter aquele tanto de louças pra lavar. Um copo de liquidificador e um medidor já bastam. 

Essa é mais uma receita feita com aquela farinha sem gluten que eu postei aqui há alguns dias atrás. Apesar de ser bolo de fubá, na receita leva também farinha de trigo, e como os bolos na maioria das vezes aqui em casa são feitos por conta da Maria, fiz com o mix que substitui o trigo em algumas receitas.

A foto com o bolo cortado é para que vocês possam ver a textura por dentro. Segue a receita a baixo:



Bolo de fubá: 


  • 3 ovos (se eles forem pequenos, use 4)
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de fubá mimoso (aquele mais fininho)
  • 1 xícara (chá) de farinha. Pode ser a de trigo ou a sem glúten (Veja o preparo AQUI).
  • 1 colher (sopa) de fermento para bolo
Preparo:

  1. Bata no liquidificador, os ovos junto com o óleo, o leite e o açúcar por três minutos, em seguida desligue o liquidificador e adicione a farinha e o fubá, bata por mais três minutos, deligue e coloque o fermento. Agora bata só para ele misturar ao restante da massa. 
  2. Coloque a massa em uma forma untada e asse em forno pré-aquecido a 180°C, por 35 a 40 minutos. Faça o teste do palito e se ele sair limpo é porque o bolo está pronto.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Lagarto assado na panela



Olha só essa carne que linda!. Ela não tem mistério nenhum no preparo e apesar de parecer complicado, te adianto logo que também não é. Você tem uma panela de pressão aí? Se sim, mãos a obra.

Receita:


  • 1 peça de lagarto (se a sua for muito grande e não couber na panela, corte no meio)
  • Sal
  • 1 fio de óleo
  • Pimenta do reino
  • cenoura cortada apenas no meio
  • 1 cebola inteira com uma folha de louro e três cravinhos da índia. (Coloque a folha sobre a cebola e prenda espetando com os cravinhos)
  • alho inteiro
  • Aipo ou salsão (os dois são a mesma coisa), se não tiver use salsinha
  • tomilho
  • Água suficiente para cobrir
Para o molho: Fazer no final da receita

  • 2 colheres (sopa) de vinagre de maçã
  • 1 colher (sopa) de molho inglês
  • 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 1 colher (sopa) açúcar demerara
  • 3 colheres (sopa) catchup
  • 1 Colher (sopa) mostarda
  • 1 pimenta dedo de moça picada (com ou sem sementes)
  • suco de uma laranja
  • 2 xícaras (chá) do caldo do cozimento da carne
  • 1 colher de manteiga sem sal
Preparo da carne:

  1. tempere a carne com sal e pimenta, aqueça o óleo na panela e doure bem a carne por todos os lados.
  2. Acrescente a água o suficiente apenas para alcançar um pouco mais da metade da carne
  3. Coloque todos os outros ingredientes (a cenoura pode ser cortado em pedaços irregulares, a cebola entra inteira  com a casca junto com a folha de louro e os cravinhos, e o talo do aipo também pode ir inteiro. No final tudo isso vai ser descartado). Espere começar a ferver e tampe a panela. Conte 15 minutos após a pressão, deligue a panela e leve para debaixo da torneira para que saia toda a pressão. É só deixar a água cair em cima da válvula que em instantes você já pode abrir a panela.
  4. Depois da panela aberta, retire todos os vegetais (cebola, cenoura, aipo...), e separe 2 xícaras (chá), do caldo  do cozimento. Reserve para o molho.
  5.  volte a mesma para a chama do fogão. Deixe até que o caldo seque por completo, lembrando de virar a carne de vez em quando para que ela tenha o mesmo cozimento por todos os lados.
  6. Quando o caldo estiver totalmente seco, deixe a carne fritando no fundo até criar aquela "crostazinha" (é isso que vai dar sabor ao molho), mas sem deixar queimar, ok?!
  7. Retire a carne da panela e Reserve! Agora vamos fazer o molho com o fundo da panela.
Preparo do molho:


  1. Coloque todos os 
  2. ingredientes (exceto a manteiga) na mesma panela em que foi feita a carne e misture bem. 
  3. Ligue a chama do fogão e deixe reduzir pela metade, até que forme um molho espesso. 
  4. Depois do molho pronto, acrescente a manteiga. 
  5. Fatie a carne e jogue o molho por cima.


segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Pappardelle feito a mão, aberto com o rolo e cortado com a faca.


Eu andava ha dias com uma vontade tremenda de comer uma massinha fresca, feita em casa e por mim, que nesse final de semana resolvi fazer. Acho que era estado de pura abstinência (quem conhece sabe os porquês {??}). A vontade era tanta, que nem pensei em tirar minha máquina do armário, montar cilindro e tal... foi na mão mesmo, aberta com o rolo e cortada na faca, de um modo bem rustico e artesanal. O corte foi o pappardelle. Meu preferido!

Para acompanhar fiz um molho de tomates, super simples e mega delicioso também. oh!   e claro, enquanto preparava tudo, rolou uma tacinha de vinho para o clima ficar 100%, "delicius ever". (Receita do molho postarei em breve).


Apesar de já existir uma receita aqui de massa caseira, hoje preparei outra bem parecida, com as mesmas medidas, usei de diferente apenas a farinha de semolina de trigo. Mas caso você queira fazer em casa e não tenha a mesma farinha, não se exite por isso. Faça com a de trigo normal. É só seguir direitinho as medidas que vai dar certo e ficar tão bom quanto a essa. Acredite! Para conferir outra postagem também de massa fresca, clique AQUI


Receita:

  • 3 ovos (eu usei quatro porque eles eram muito pequenos)
  • 150 gramas de farinha de trigo tipo 1
  • 150 gramas de semolina de trigo duro ( ou a mesma medida da de trigo )
  • sal
  • um fio de azeite
  • Mais farinha para jogar na bancada e abrir
Preparo:

  1. Coloque as farinhas na bancada e faça um buraco no meio. Coloque os ovos, o sal e o azeite e vá mexendo com as pontas dos dedos e em círculos de dentro para fora até todos os ingredientes estarem encorpados e formar uma bola.
  2. Continue mexendo, como se estivesse sovando a massa de um pão, até obter uma massa uniforme e lisa que não gruda nas mãos (caso haja necessidade coloque mais farinha ou mais azeite). Feito isso, enrole em um filme plástico e deixe descansar por 30 minutos. 
  3. Nesse tempo, faça o molho do seu gosto, mas eu sugiro que seja algo simples e caseiro para que você não perca o sabor da massa que preparou com  as próprias mãos.
  4. Depois da massa descansada, enfarinhe a bancada, tire o plastico da massa e corte um pedaço da mesma. Enfarinhe também  o rolo, e abra a massa, lembrando sempre de vez ou outra, levanta-la da bancada e mudar a posição. Ex: Você abriu no sentido vertical, como está a foto  abaixo, depois levante a massa da bancada, jogue mais farinha e coloque-a na horizontal para continuar processo. faça isso repetidas vezes até a massa ficar numa espessura de 2 mm. Esse corte pra mim, quanto mais fino, melhor.
  5. Enrole como se fosse um rocambole ate a metade da massa aberta, depois faça o mesmo do outro lado. Depois da massa enrolada é hora de cortar. Faça o corte de acordo com o seu gosto, mas caso queira uma igual a minha, meça mais ou menos um dedo e meio para cada corte.
  6.  Depois da massa já cortada, cozinhe em água fervente, lembrando que é um litro de água para cada 100 gramas de massa. E cada cem gramas de massa é o equivalente o que uma pessoa vai consumir, sendo que depois de cozida ela dobra o volume. Com essa quantidade que preparei, aqui em casa deu para quatro pessoas comerem super bem e ainda sobrou um pouquinho.
  7. Sirva com um molho fresco, delicioso também feito por você e volta aqui depois pra me contar como foi. Beijo e boa semana!





quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Franguito assado!



Frango... de todos os jeitos! Assado, ao molho, grelhado, na torta... Aqui em casa gostamos e consumimos muito. Não dá nem pra falar em variação e preferência, mas o assado é meu "queridinho" por vários motivos e um deles é a praticidade de colocar no forno e não me preocupar em ficar olhando para não queimar. Tento variar apenas os temperos e o modo com que ele vai ser assado. O de hoje eu apenas dei uma "fritada" antes de temperar e colocar no forno. Coisa rara isso por aqui, viu?! Não curto muito fritar nada, nem um tipo de alimento, mas confesso que vez ou outra rola, e ele ficou super gostoso.


Ingredientes:

  • 8 pedaços de frango (coxa e sobre coxa)
  • 1 fio de azeite
  • 2 cebolas cortada em 8 partes e em gomos
  • 8 dentes de alho inteiros
  • 4 dentes de alho espremido
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • ramos de tomilho
  • salsa picada 
  • pimenta do reino
  • sal 
Preparo:

  1. Distribua os gomos de cebola e os dentes de alho, um pouco do tomilho, da salsa, da pimenta e do sal no fundo de uma assadeira. Reserve o restante para jogar por cima no final. (Eu sempre forro a assadeira com um papel chamado "Dover", que não é papel manteiga. Ele é ótimo, não gruda e evita aquela sujeira que impreguina as formas).
  2. Coloque um fio de azeite em uma frigideira e doure os pedaços de frango dos dois lados. Faça isso em duas etapas, primeiro quatro pedaços e depois os outros quatro. (use pouquissímo azeite, porque o frango libera a sua própria gordura)
  3. Coloque os pedaços de frango já dourados na forma, entre as cebolas e os dentes de alho, jogue o suco do limão e restante dos temperos por cima.
  4. Asse em forno aquecido por 40 minutos a uma hora. Lembrando que o tempo vai variar de forno para forno. Para saber se o frango já está assado, fure um dos pedaços e se não sair nenhum liquido vermelho é porque ele já está no ponto



Comentários Facebook

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...