Páginas

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Bolo de chocolate e café, com ganache de laranja



Como diz a Rita, "bolo de chocolate é bom, mas este é melhor ainda"!!! Elevando mesmo ele a outro patamar... Digamos que, ele é um bolo cheio de personalidade, e eu adoro isso!

 Para pessoas que tem o paladar mais apurado, e assim como eu, gostam de sabores fortes e marcantes, esse é o bolo ideal!!! Ele não é apenas um bolo de chocolate, ele é um bolo de chocolate, cheio de classe, feito com café, açúcar mascavo e coberto por uma ganache de chocolate amargo, canela e raspas de laranja

Na receita,  Rita Lobo diz para usar uma xícara (chá) de café fraco, segui a risca,  mas eu não senti tanto a presença do sabor dele, então, no dia seguinte fiz o bolo novamente (porque ele é bom mesmo viu?!), mas dessa vez, dei uma reforçada no sabor do café e acrescentei ele bem forte. O resultado foi surpreendente de um bolo com sabor marcante. E a laranja, que vai na ganache, eu não tinha mais em casa, então troquei pela tangerina e o resultado foi tão bom quanto. Juro que quem comeu não sentiu a diferença.



Receita:


  • 4 ovos
  • 1 xícara (chá) de café passado ( na receita, pede para ser fraco, mas aqui eu fiz forte)
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar branco
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo
  • 1 xícara (chá) de chocolate em pó
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo 
  • 1 colher  (sopa)  de fermento em pó
  • Manteiga, farinha e chocolate para untar e polvilhar.
Preparo:

  1. Preaqueça o forno a 180 °C (temperatura média). Unte uma fôrma redonda redonda com furo, espalhando uma camada fina e uniforme de manteiga. Faça uma misturinha meio a meio de chocolate em pó e farinha e polvilhe a forma toda (assim o bolo não fica com aquela casquinha branca de farinha) . Reserve!
  2. No liquidificador, junte os ovos, o café e o óleo e bata apenas para misturar.
  3. Em seguida, coloque os açúcares, o chocolate em pó e a farinha. Bata por quatro minutos, na velocidade máxima.
  4. Por último, adicione o fermento e bata por mais um minuto, para misturar bem.
  5. Transfira a massa para a fôrma untada e leve ao forno pre preaquecido para assar por 30 minutos, ou até que o palito saia limpo ao ser espetado no bolo.
  6. Retire do forno e deixe esfriar por 15 minutos. Desenforme o bolo e quando ele estiver frio, espalhe a cobertura. 


 Cobertura:


  • 200 g de chocolate meio amargo (eu usei amargo. Prefiro!) 
  • 1/4 de xícara (chá) de creme de leite fresco (usei o de caixinha e o resultado foi tão bom quanto se eu tivesse usado o fresco. Usei de marca boa,claro!)
  • 1 rama de canela (não me saciei com apenas uma rama, coloquei também ela em pó.)
  • 1/2 colher (chá) de raspas de laranja (eu usei raspas de tangerina)
Preparo:

  1. Numa tábua, pique fino o chocolate. Transfira para uma tigela de vidro e junte o creme de leite, a canela(eu acrescentei aqui também, canela em pó) e as raspas de laranja. Atenção: na hora de raspar a casca da laranja , cuidado com a parte branca que amarga a receita  .
  2. Leve  a tigela ao microondas e verifique de 1 em 1 minuto, até o chocolate derreter.
  3. Deixe esfriar e retire a canela. Assim que amornar, leve a geladeira por cerca de dez minutos. Retire e misture bem para unificar a temperatura. 
  4. Espalhe a calda, com uma espatula ou uma faca. (eu usei as costas de uma colher).



quinta-feira, 24 de julho de 2014

Creme de abóbora com gengibre


Inverno por aqui é diferente das outras cidades. Pelo menos de Brasília, que é de onde eu venho  e que faz um frioooo imenso e seco nessa época. Ano passado que foi o meu primeiro ano em terras "Potiguares", eu estranhei bastante a falta dele no inverno.

 Esse ano, a história aqui mudou um pouco, e o frio anda aparecendo. Claro que não é frio como em Bsb, mas é friozinho também, com uma ventania looouca que até faz assobio, parecendo filme de terror e que às vezes, quando estou sozinha até tenho medo!..  E por falar em Brasília, estive lá mês passado (por motivos nada felizes, mas que também não quero falar aqui. Eles me entristecem. .. Desculpa!)  e gente, que frio era aquele??? Me senti um E.T, pelado dentro de uma geladeira, totalmente deslocada, sem roupas adequadas para estação, batendo o queixo, quase congelei! Sem contar que fui na correria, totalmente despreparada.

Mas independente do lugar, frio é frio, e como não podia ser diferente, ele me abre o apetite, e uma chuvinha fina já é o suficiente para um pretesto de fazer alguma coisinha gostosa.

Hoje, eu fui de sopa (creme) de abóbora com gengibre, perdidamente gostosa, quente e confortante.


Cozinhei meia abóbora japonesa em uma panela com caldo de legumes (caseiro, que sempre deixo pronto no congelador), com a quantidade suficiente apenas para cobrir os pedaços de abóbora, e quando estavam macias, desliguei o fogo e na panela mesmo usei mixer para desmanchar os pedaços (se não tiver mixer, dá pra fazer no liquidificador, é só voltar para a panela depois de batido), liguei o fogo novamente, coloquei gengibre e pimenta do reino ralados na hora, um tiquinho de pimenta caiena, mexi, acertei o sal e pronto!!! Me deliciei com fatias de um pão integral caseiro, também feito por mim e uma irresistível taça  de vinho. 

Recomendo, por que todo mundo merece um carinho no estômago.

Bjuuu e até breve!



sábado, 19 de julho de 2014

Biscoitinhos de nata



Eu tenho a maior dificuldade em executar uma receita dada pela minha mãe, as medidas (olhometro) são sempre generosas e um tal de vai acrescentando até dá o ponto que me desanima antes de começar... geralmente elas são feitas em proporções imensas  coisa para um batalhão comer e ainda um pouquinho mais, o que no caso dificulta ainda mais pra mim.

Apesar de, de vez em quando também fazer assim (mas com coisinhas menos complicadas) eu acho, e sempre repito isso para as minhas amigas, é que toda cozinha deve  deveria ter balanças e medidores, que pra mim são utensílios indispensáveis.  Ter uma balança hoje não custa caro, e nem é tão difícil assim de encontrar, em vários supermercados pelo menos os maiores eu vejo com frequência por valores bem justos. Já os medidores, além dos mercados podem ser encontrados também em lojas de 1,99. Esse não é o caso da minha mãe, o que uma pessoa puder imaginar de traquitana de cozinha a minha mãe tem, o problema dela é vicio mesmo, acho que por excesso de confiança e prática talvez... Bom, depois desse desabafo, eu quero apenas dizer que, apesar das dificuldades de conseguir fazer como ela, eu consegui achar as medidas para os biscoitinhos de nata e agora tenho uma receita. Ufa!!!


Ingredientes:


  • 300 g de nata
  • 3 gemas
  • 1 pitada de sal
  • 225 g de açúcar ou 1 1/2 xícara (chá) bem cheia
  • 650 g de amido de milho
  • 100 g de farinha de trigo
Preparo:

  1. Em um bowl, coloque a nata, os ovos o sal e o açúcar, misture até virar um creme, em seguida, coloque o amido de milho e a farinha de trigo e misture bem, transfira para uma superfície lisa e vá amassando com as mãos até formar uma massa lisa.
  2. Faça bolinhas ou molde como desejar , coloque me uma placa untada e enfarinhada e asse  em forno pré aquecido a 200º  por 20 minutos ou até estarem com o fundo dourado. 
Bjuu e até breve!

Comentários Facebook

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...