Páginas

sábado, 19 de julho de 2014

Biscoitinhos de nata



Eu tenho a maior dificuldade em executar uma receita dada pela minha mãe, as medidas (olhometro) são sempre generosas e um tal de vai acrescentando até dá o ponto que me desanima antes de começar... geralmente elas são feitas em proporções imensas  coisa para um batalhão comer e ainda um pouquinho mais, o que no caso dificulta ainda mais pra mim.

Apesar de, de vez em quando também fazer assim (mas com coisinhas menos complicadas) eu acho, e sempre repito isso para as minhas amigas, é que toda cozinha deve  deveria ter balanças e medidores, que pra mim são utensílios indispensáveis.  Ter uma balança hoje não custa caro, e nem é tão difícil assim de encontrar, em vários supermercados pelo menos os maiores eu vejo com frequência por valores bem justos. Já os medidores, além dos mercados podem ser encontrados também em lojas de 1,99. Esse não é o caso da minha mãe, o que uma pessoa puder imaginar de traquitana de cozinha a minha mãe tem, o problema dela é vicio mesmo, acho que por excesso de confiança e prática talvez... Bom, depois desse desabafo, eu quero apenas dizer que, apesar das dificuldades de conseguir fazer como ela, eu consegui achar as medidas para os biscoitinhos de nata e agora tenho uma receita. Ufa!!!


Ingredientes:


  • 300 g de nata
  • 3 gemas
  • 1 pitada de sal
  • 225 g de açúcar ou 1 1/2 xícara (chá) bem cheia
  • 650 g de amido de milho
  • 100 g de farinha de trigo
Preparo:

  1. Em um bowl, coloque a nata, os ovos o sal e o açúcar, misture até virar um creme, em seguida, coloque o amido de milho e a farinha de trigo e misture bem, transfira para uma superfície lisa e vá amassando com as mãos até formar uma massa lisa.
  2. Faça bolinhas ou molde como desejar , coloque me uma placa untada e enfarinhada e asse  em forno pré aquecido a 200º  por 20 minutos ou até estarem com o fundo dourado. 
Bjuu e até breve!

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Chips de mandioquinha / batata baroa


De tanto eu ver nas redes sociais chips de "tudo", isso mesmo, tudo (batata doce, maçã, batata baroa...)!!! Eu entrei na onda e resolvi fazer em casa para experimentar... Comprei batatas doce por diversas vezes, mas  por preguiça (apesar da facilidade), o destino delas eram sempre o mesmo, uma panela cheia de água para cozinha-las.  

Essa semana, tinha na geladeira umas mandioquinhas esquecidas (batatas baroa) para simplesmente cozinhar ou fazer qualquer qualquer outra coisa. Eu tinha até a intenção de um purêsinho simples, mas no meio do caminho acabaram virando esse tal chips viciante e crocante!!


Foi bem fácil  de fazer, fatiei as batatas em lâminas, temperei com azeite sal e tomilho e coloquei em um tabuleiro untado também com azeite, coloquei no forno bem quente e quando eu vi, num piscar de olhos já estavam prontas (sou dessas, que colocam as coisas no forno e nem se liga em marcar o tempo, então, desculpa! Mas nem adianta perguntar).  Servi com estrogonofe de frango no lugar da batata palha e combinou muito bem, já tô até pensando em fazer de novo, mas da próxima vez quero fazer com a batata doce e se eu gostar também, faço um post contando e prometo marcar o tempo direitinho.


Bjuu e até breve!

domingo, 13 de julho de 2014

Iogurte Grego, caseiro!!!




Depois de ter escutado a Camila falar, que sem querer ela acabou preparando um iogurte grego, a ideia de tentar o mesmo não saia da minha cabeça. Fiquei "matutando" isso por dias, desde que eu voltei de Brasília...

Semana passada, como de costume, fui preparar o nosso iogurte natural para o café da manhã durante a semana. Fiz uma quantidade exagerada, já com a intenção de dividir em duas partes, uma deixar do modo tradicional e a outra parte, transforma-la em iogurte grego. Gente, vocês não tem noção de como isso deu certo, e ficou perdidamente gostoso, consistente e cremoso, assim como aquele que a gente compra nos supermercados.



O método é o mesmo do iogurte caseiro, dá pra fazer quantos litros quiser, misturando apenas um copinho de iogurte à quantidade de leite desejada.


Ingredientes:


  • 1 copo de iogurte natural de boa qualidade
  •  Leite tipo "A"(de saquinho) quantos litros  você quiser  "Eu fiz seis litros de leite com apenas um copo de iogurte, não precisa ter medo, pode fazer que dá CERTO!"
  • Fava de baunilha (foi o que eu usei, porque era o que eu tinha em casa. Fica perdidamente delicioso e lindo (adoro esses pontinhos pretos!), mas eu não recomendo comprar por ser muito caro, substitua a fava por uma colher de extrato ou até mesmo a essência de baunilha, que vai ficar bom também!)
  • Açúcar ou adoçante a gosto



Preparo: 

Faça de um dia para o outro, de preferência a noite.


  1. Coloque o leite em uma panela e leve ao fogo para ferver. Apague e deixe amornar até o ponto de você conseguir colocar o dedo dentro e manter ele lá por exatos dez segundos e não se queimar.
  2. Adicione o iogurte e mexa bem para que ele se dissolva por completo no leite. Cubra a panela com um pano de prato, e um prato para abafar. Faça isso umas duas a três vezes seguidas para abafar bem. finalize com a tampa da panela e mais um pano de prato. Deixe lá, quetinho em cima do fogão, e só destampe a panela no outro dia.
  3. Pegue um bowl fundo e uma peneira que se encaixe no bowl, mas uma fralda limpa ou qualquer outro pano semelhante. Forre a peneira com a fralda, e com cuidado coloque  o iogurte sobre a peneira. Leve para geladeira e deixe lá  por aproximadamente duas horas e meia a três, para que saia o excesso de soro.
  4. Depois desse tempo na geladeira, o soro vai estar todo no bowl e o iogurte vai estar quase pronto (repare que ele reduziu bastante, mas isso é normal). Retire o iogurte da peneira, transfira para outro bowl limpo, adicione a baunilha, açúcar ou adoçante e bata com um mixer. Se não tiver um mixer, não tem problema, use um fouet ou uma colher de pau e misture bem, que vai dar certo.



Prontinho!!! Agora é só tampar direitinho e guardar na geladeira por aproximadamente cinco a seis dias, no máximo uma semana.


Bjuu e até breve!


Comentários Facebook

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...